Mão de mulher usando equipamentos para prevenção de incêndio

Você conhece os equipamentos para prevenção de incêndio em edifícios comerciais? Trata-se de diversos itens que são responsáveis por garantir que qualquer início de incêndio possa ser contido antes que se torne algo incontrolável.

Esses equipamentos são obrigatórios em alguns edifícios, de acordo com diversas características que definem exigências mínimas a seguir. Para cada Estado do país, existem regras diferentes e, por isso, é importante estar por dentro dessas informações para evitar multas e, claro, acidentes.

Como estamos falando de prevenção, os equipamentos devem estar devidamente instalados no edifício independente dos riscos, além de estar em constante manutenção. 

A seguir, vamos conferir quais são os maiores perigos de incêndios em edifícios comerciais e o que pode ser feito para proteger contra eles.

Maiores perigos de incêndio em edifícios comerciais

Já parou para se perguntar quais são as principais causas de incêndios nestes ambientes comerciais? Na maioria das vezes, o que causa uma fagulha, e que vira algo muito maior, são os equipamentos elétricos, equipamentos de iluminação e imprudências dos ocupantes.

Por exemplo, uma fiação que fica exposta pode ocasionar um incêndio, assim como descarga elétrica, tomadas muito sobrecarregadas etc.

O mesmo vale para os equipamentos de iluminação, que costumam estar presentes aos montes em grandes edifícios. Uma má instalação, por exemplo, pode ser a causa de um incêndio devastador.

Ou seja, na maioria das vezes são fagulhas pequenas que causam grandes estragos quando não há a devida atenção e os devidos equipamentos para prevenção de incêndio.

Risco de incêndio

O risco de incêndio tem o potencial de ocasionar danos ao local por conta do fogo descontrolado. Quando vemos uma fiação exposta e deixamos dessa maneira em um ambiente comercial, estamos negligenciando não apenas o local e os equipamentos ali presentes, mas diversas pessoas que estão em seu local de trabalho.

Identificar os riscos e corrigi-los é uma forma de prevenção, assim como ter todos os equipamentos necessários para que, caso seja necessário, tenha como ser feito o devido controle da situação.

Como se proteger destes riscos?

Para proteger a todos, o ideal é estar sempre atento às melhorias que precisam ser feitas, reparos e, claro, manter em dia os equipamentos contra incêndio.

Como vimos acima, a parte elétrica é uma das responsáveis por causar incêndios. Por isso, é importante realizar a manutenção da parte elétrica do edifício de tempo em tempo, assim como evitar sobrecarregar tomadas, diminuir o acúmulo de materiais que são inflamáveis etc.

E, claro, ter os equipamentos para prevenção de incêndio no edifício comercial. Essa é a parte mais importante, afinal, nem sempre o risco tem como ser percebido a tempo, ou nem sempre haverá pessoas no local para entender que há algo de errado.

O ideal é que esses equipamentos estejam sempre presentes e devidamente instalados.

Sistema de combate a incêndio

No sistema de combate a incêndio, temos equipamentos próprios para prevenir qualquer início de fagulha no ambiente. Entre esses equipamentos, temos os sprinklers e válvulas de governo e alarme, por exemplo.

Os sprinklers são os “chuveiros automáticos”, que são acionados de acordo com o sistema instalado (pré-ação, dilúvio ou seco). Já as válvulas de governo e alarme ou dilúvio estarão instaladas na tubulação do edifício para liberar a água aos sprinklers, quando necessário.

Brigadistas e manutenções dos equipamentos

Os brigadistas são os profissionais que são acionados em casos de incêndios em um edifício, atendendo ao chamado o mais rápido possível. Eles irão orientar e realizar procedimentos emergenciais para prestar as primeiras ações antes que os bombeiros cheguem.

Eles são importantes no processo de prevenção, assim como na realização da manutenção dos equipamentos de prevenção contra incêndios.

Sem essa manutenção periódica, o pior pode acontecer – como os sprinklers não funcionarem na hora que for preciso, a válvula não liberar a água, dentre outras questões.

Conclusão

Esses equipamentos e sistemas são necessários em todos os edifícios comerciais, afinal, são diversas pessoas que poderão colocar a vida em risco em caso de negligência do local.

A prevenção contra incêndio é a melhor forma de proteger a todos os colaboradores e, ao mesmo tempo, garantir que nada de valor se perca.

E além de estar presente nesses locais, é preciso que estes equipamentos sejam confiáveis e possuam certificações de garantia e qualidade. Para isso, você pode conferir boas opções de produtos na Motta.

Compartilhe a postagem: