Afinal, dependendo do projeto, vale a pena investir em um tubo com costura hoje em dia? Quando nos deparamos com a necessidade de obter tubos de aço, independente do fim que ele tenha, é muito comum que essa pergunta sobre o tubo com costura surja, uma vez que existem outros modelos de tubos disponíveis no mercado.

É uma pergunta relevante, afinal, a escolha entre o tubo com costura e sem costura pode gerar um impacto direto no desempenho e também nos custos de seu projeto.

Por isso, neste conteúdo, vamos explorar mais informações sobre o tubo com costura, quais as diferenças entre ele e o tubo sem costura e muitas outras informações importantes que você deve ter antes de comprar os tubos para o projeto. Confira!

O que é um tubo com costura?

O tubo com costura é o tubo de aço que passou pelo processo de soldagem em sua produção. Ele é fabricado utilizando uma chapa de aço que é dobrada em formato circular, ficando pronto para o processo de soldagem.

Esse é um processo de fabricação que irá envolver a união de duas extremidades, por meio de uma solda. Com isso, se resultará na formação do tubo.

O tubo de aço com costura é um tipo de tubo bastante utilizado em diversas aplicações, desde as estruturas metálicas até os sistemas de condução fluidos.

São tubos resistentes e que são muito comuns no ambiente industrial e construção civil, dentre as diversas aplicações que ele pode ser utilizado.

Diferença entre tubo com costura e tubo sem costura

Existem muitas diferenças entre os tubos com costura e os tubos sem costura, mas a principal entre todas elas está na forma como são fabricados, já que o tubo com costura passa pelo processo de soldagem.

Além disso, podemos destacar também as seguintes diferenças:

Fabricação

Ressaltando, o tubo de aço com costura passa pelo processo de soldagem, que explicamos anteriormente.

Resistência mecânica

De forma generalizada, os tubos sem costura costumam contar com uma resistência mecânica maior se forem comparados com os tubos sem costura, o que acontece por conta do processo de soldagem que faz com que os tubos com costura sejam mais frágeis. Por esta razão, é sempre importante saber as características da tubulação antes de optar pelo tubo do projeto.

Mas, falando de resistência à pressão e carga, o tubo com costura consegue se destacar em determinadas aplicações onde suas funcionalidades mecânicas se adequam às particularidades do empreendimento.

Uniformidade e qualidade

Os tubos sem costura são populares por sua uniformidade e qualidade, sendo muito superiores nesse quesito. E isso acontece por não contarem com costuras que possam acabar afetando a integridade do tubo de aço, quando operado a altas pressões e/ou fluidos corrosivos.

Custos

Na maioria dos casos, os tubos com costura são muito mais em conta do que os tubos sem costura, o que faz dele uma escolha mais atraente quando existe necessidade de economia, obviamente, desde que as especificações de projeto estejam alinhadas ao tubo em questão. Nunca subestime valores de projeto por questão de custo, o barato pode sair muito caro.

Quando vale a pena investir em tubo com costura

Investir em tubos com costura ou em tubos sem costura é uma decisão que irá depender muito das necessidades do projeto, além das condições financeiras para tal.

Em muitas situações, um tubo será muito mais indicado do que o outro, por isso, é importante ter conhecimento de quando vale a pena investir em um tubo com costura ou não. Aqui vão algumas situações comuns:

Custo

Se você estiver com um orçamento mais apertado em seu projeto, contar com os tubos com costura pode ser a melhor opção. Principalmente, se for utilizar uma grande quantidade de tubos de aço onde a redução será aplicada em escala. Mais uma vez, sempre considere as características do projeto, se ambos tubos (com e sem costura) forem indicados, aí sim valerá a pena. Nunca troque a especificação de um tubo única e exclusivamente por questão de preço.

A aplicação não exige alta pressão ou resistência extrema

Outro fato que faz valer a pena utilizar o tubo com costura é porque ele não necessita de pressão ou resistência extrema, o que faz dele uma boa opção em casos onde não há essas necessidades.

Facilidade na fabricação

Encontrar tubos com costura pode ser bem mais fácil do que os sem costura, uma fez que o processo de produção é menos oneroso e não depende de equipamentos que demandam altos custos.

Reparos e manutenção

Por fim, para os seus projetos que possam necessitar de reparos ou manutenção periódica, os tubos com costura são muito mais fáceis de manusear, por questões de peso, pois podem ser de espessuras reduzidas e possuem garantia de performance após reparos.

Conclusão

Concluindo, escolher o tubo com costura ou sem costura é uma decisão que deve ter relação com as especificações e o financeiro do projeto.

Você já conhece todas as características e diferenças, assim como situações em que vale a pena investir ou não no tubo com costura. Basta analisar, contar com profissionais capacitados e começar a colocar o seu projeto em ação. Entre em contato com a Motta, fale com equipe especializada e recebe o melhor orçamento.

Compartilhe a postagem: